Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AQUÁRIUSUL

Sou daqui deste povo que cheira a mar e sabe a fado

AQUÁRIUSUL

Sou daqui deste povo que cheira a mar e sabe a fado

Eram verdes os campos

capaeramverdes.jpg

 

No místico mar da sabedoria ergue-se a terra prometida em fragrâncias de luz e rios cristalinos de água viva.

Longos são os ramos de frondosas árvores anciãs que através dos tempos muito viram e muito sabem.

Longos são os raios de luz que iluminam almas peregrinas de branco vestidas, olhos incandescentes de sabedoria vetusta, transbordando de harmonia e equilíbrio.

Altas montanhas ao longe deixam passar os sussurros do vento que ondulando em espirais lançam a brancura da neve eterna para o infinito azul num quadro de magia e pureza.

O verde dos campos orla rios de água viva correndo para o manancial da vida, alimentando esses seres que de olhar alegre e agradecido contemplam, lá no alto, essa cruz de vida em raios de luz branca derramando bênçãos, alimentando e renovando a vida.

Sons alegres e musicais em harmonia elevam-se para o alto em agradecimento.

 

Alma Lusa

 

Leia a coletanea online