Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AQUÁRIUSUL

Sou daqui deste povo que cheira a mar e sabe a fado

AQUÁRIUSUL

Sou daqui deste povo que cheira a mar e sabe a fado

Canção de embalar

Dorme meu menino a estrela d'alva

Já a procurei e não a vi

Se ela não vier de madrugada

Outra que eu souber será p'ra ti

 

Outra que eu souber na noite escura

Sobre o teu sorriso de encantar

Ouvirás cantando nas alturas

Trovas e cantigas de embalar

 

Trovas e cantigas muito belas

Afina a garganta meu cantor

Quando a luz se apaga nas janelas

Perde a estrela d'alva o seu fulgor

 

Perde a estrela d'alva pequenina

Se outra não vier para a render

Dorme qu'inda a noite é uma menina

Deixa-a vir também adormecer

 

José Afonso

 

 

Hoje, dia 25 de Abril, celebram-se 36 anos sobre o fim do regime ditatorial em Portugal. José Afonso foi uma das vozes que em canção deu brado ao grito de Liberdade que ansiava no coração do povo. Para além das canções de intervenção politica, Zeca, também compôs e interpretou excelentes temas, como esta Canção de embalar.